CLIQUE NO ÍCONE PARA IMPRESSÃO DO PAINEL

Produção Industrial

A produção industrial do país sofreu significativas oscilações ao logo dos anos de 2010 a 2017. A partir de 2014 o processo de retração se intensificou, em especial para as atividades de transformação e indústria geral.

Em 2016, todos os segmentos das indústrias ainda apresentavam retrações em relação ao ano anterior, contudo, em 2017 houve uma mudança na tendência de queda, revertendo o resultado negativo.

Carregando...
Carregando...

Granel Sólido Agrícola (GSA)

Entre as safras 2009/10 e 2016/17 a produção brasileira de grãos cresceu 59,1%, passando de 149,3 para 237,7 milhões de toneladas. Particularmente a produção de soja em grãos, neste mesmo período, apresentou crescimento de 222,3%.

Carregando...
Carregando...

A variação média anual para a capacidade de armazenamento foi de 2,5%, ao passo que a variação média da produção agrícola apresentou crescimento de 8,4% ao ano.

Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...

Granel Sólido Não Agrícola (GSNA)

O minério de ferro é responsável por cerca de 80% do total de granéis minerais produzido pelo país.

A produção de minério de ferro atingiu a marca de 426 milhões de toneladas em 2017, representando um aumento de 29,2% quando comparado com o ano de 2010 e 4,1% se comparado a 2016.

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Granel Líquido (GL)

Carregando...
Carregando...
Carregando...

A produção de óleo bruto de petróleo e do seu derivado (óleo diesel) vem apresentando queda gradual no período de 2014 a 2017 de 17,4% e 18,3%, respectivamente, após uma expansão da produção no período 2010 a 2014.

Carga Geral

A produção de carnes no país atingiu a marca de 25,1 milhões de toneladas em 2017, o que representou um crescimento de 20,7%, quando comparado com 2010, ano em que a produção foi de 20,8 milhões de toneladas.

Dentre os segmentos de proteína animal, o que apresentou maior percentual de crescimento no período de 2010 a 2017 foi a de carne de frango, com variação média anual positiva de 3,5%.

Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...
Carregando...

Produção de Veículos

EMBARCAÇÕES

A produção de embarcações apresentou crescimento no período 2010 a 2017, quando foram produzidas 524 unidades, atingindoa média de 65,5 unidades/ano.

A produção de embarcações para o apoio offshore cresceu entre 2010 e 2016, mas perdeu ritmo em 2017, acompanhando a conjuntura da indústria do petróleo.

Carregando...
Carregando...

AERONAVES

Carregando...
Carregando...
Carregando...

Em 2017, foram construídas 210 aeronaves, valor ligeiramente inferior a 2016, ano em que foram entregues 225 aviões, entre aeronaves executivas e comerciais.

Se compararmos com 2010, quando foram construídas 244 aeronaves, houve uma queda de 13,9%, sendo que para a aviação comercial a produção foi praticamente a mesma, produzindo apenas uma aeronave a mais em 2017.

VEÍCULOS RODOVIÁRIOS

No período de 2013 a 2016, a produção de veículos rodoviários apresentou redução em todas as categorias.

Em relação aos veículos leves, quando comparamos o ano 2017 com 2010, observa-se uma redução de 17,7%, correspondendo a uma queda na produção de mais de 550 mil unidades.

No entanto, observou-se um crescimento acentuado de 38,3% na produção de caminhões em 2017, quando comparado com o ano 2016, embora ainda abaixo dos patamares de produção observados até 2014.

Carregando...
Carregando...