Seu navegador não suporta javascript!

Notícia

Home > Notícias > Notícia

09 de maio de 2019

EPL será responsável por realizar estudos para a concessão de novos projetos qualificados pelo PPI

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) realizou a sua 9ª reunião nesta quarta-feira (08) onde foram qualificados 59 novos projetos, 39 deles para a infraestrutura de transportes. 

Além de projetos para o setor aeroportuário, o CPPI qualificou para a concessão seis terminais portuários e mais de 14 mil quilômetros de rodovias.

A Empresa de Planejamento e Logística - EPL será a responsável por realizar os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental e pela estruturação dos empreendimentos de portos e rodovias.

Para diretor-presidente da EPL, Arthur Lima a empresa tem se firmado com um importante player de mercado.

“Os projetos que foram estruturados pela EPL e leiloados com sucesso pelo Governo Federal demonstram a qualidade do trabalho realizado pela empresa. A confiança do Ministério da Infraestrutura em delegar projetos tão importantes à EPL mostra que a empresa está no caminho certo.”

No setor de portos, os terminais STS20 e STS14, no Porto de Santos (SP); os terminais IQI 03, IQI 11, IQI 12 e IQI 13 no Porto de Itaqui (MA) e a desestatização do Porto de São Sebastião devem atrair R$ 895,6 milhões em investimentos.

Já para o setor rodoviário a EPL fará os estudos para 14.547 quilômetros de rodovias. Entre os projetos, destacam-se as Rodovias Integradas do Paraná, que incluem as BRs 153/158/163/272/277/369/373/376/476/PR; a BR-163/MT e BR-230/PA, de Sinop (MT) a Miritituba (PA); a BR-381/MG e BR-262/MG/ES, de Belo Horizonte a Governador Valadares, em Minas Gerais e o trecho entre o João Monlevade (MG) e Viana (ES).

Outros 7.213 km de rodovias, divididos em 15 trechos rodoviários e que atenderão 13 Estados também terão os estudos realizados pela empresa. Somados os projetos tem um investimento estimado de R$ 32,3 bilhões.

 

Autor: ASRIC