Seu navegador não suporta javascript!

Notícia

Home > Notícias > Notícia

29 de junho de 2020

EPL reduz 18% dos gastos administrativos em um ano

Com renegociações e encerramento de contratos milionários, a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) economizou mais de R$ 10 milhões em 2019. A redução ocorreu, em grande parte, pelo enxugamento da folha de pessoal e redução de gastos operacionais com locação de imóvel, terceirização de mão de obra, impressão corporativa, diárias e passagens, dentre outros.

Entre as iniciativas de destaque, a EPL promoveu a modernização do seu sistema de segurança, substituindo o contrato de vigilantes armados por um sistema integrado de alarme, iluminação automatizada e controle digital de acesso às suas dependências, o que gerou uma redução de 97%, nas despesas relacionadas a este serviço. O novo contrato, de cerca de R$ 20 mil por ano, foi resultado da análise de riscos de segurança da empresa, a qual determinou que a solução atual garante o nível de vigilância necessária à natureza das atividades da estatal.

A empresa também deixou de utilizar frota de veículos alugada. Atualmente, todos os profissionais, incluindo os membros da Diretoria Executiva, utilizam um aplicativo de serviços de táxi para fazer os deslocamentos funcionais. E para tornar ainda mais eficiente este serviço, já se encontra publicado um edital de credenciamento de aplicativos de mobilidade, por intermédio do qual a EPL se inserirá em um modelo mais moderno e em sinergia com o mercado corporativo atual.

O diretor-presidente da estatal, Arthur Lima, explica que a redução de custos operacionais permite que a empresa otimize recursos para fazer as entregas de estudos e projetos de infraestrutura para o país.

"A EPL é acostumada a buscar soluções inovadoras e inteligentes. O aprimoramento das práticas de gestão é feito de forma contínua e está em linha com os objetivos do Governo Federal."

Previsão para 2020 – O balanço do primeiro trimestre de 2020 mostra que a tendência de queda acelera ainda mais para o este ano. A previsão é que em 2020, as despesas administrativas sejam 28% menores do que em 2019.

Segundo o diretor de Gestão, Marcelo Caldas, a Empresa de Planejamento e Logística tem adotado novos modelos de prestação de serviços, mais adequados à realidade corporativa, que está sempre em busca de menor custo e maior qualidade e, ainda, em sinergia com o perfil da empresa: arrojada, eficiente e dinâmica.